Jornal do Brasil

Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

País

PSB: Marina aceita substituir Campos e autoriza consulta ao partido

Jornal do Brasil

O presidente do PSB, Roberto Amaral, revelou nesta sexta-feira que a ex-ministra do Meio Ambiente e candidata à vice-presidência da República Marina Silva aceitou ser cabeça de chapa da coligação Unidos para o Brasil, em substituição ao ex-governador de Pernambuco  Eduardo Campos (PSB), que morreu quarta-feira (13), em acidente aéreo em Santos. Amaral esteve na casa de Marina para saber se ela autorizava uma consulta ao partido sobre a candidatura dela ao cargo.

O líder do PSB na Câmara, Beto Albuquerque (RS), confirmou que Marina aceitou que seja feita a consulta para saber se o partido aceita sua candidatura à Presidência da República em substituição a Campos.

>> Petista diz que Campos era adversário mais forte que Marina 

>> Dentista de Campos diz que não foi possível identificação pela arcada

>> Governo de PE define trajeto do cortejo fúnebre de Eduardo Campos

Beto Albuquerque acredita que não haverá dificuldade para que os partidos da coligação aceitem a ex-ministra como cabeça de chapa.

A decisão final sobre quem substituirá Eduardo Campos na disputa deverá ser tomada quarta-feira (20), em Brasília, durante reunião do Diretório Nacional do PSB com deputados e senadores do partido e líderes da legenda.

A coligação Unidos para o Brasil tem até o dia 23 deste mês para informar à Justiça Eleitoral o nome de seu novo candidato à Presidência da República.

Tags: Campos, candidato, eduardo, morte, presidência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.