Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

País

Governo gaúcho transfere PMs à capital após aumento da criminalidade 

Portal Terra

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta sexta-feira que vai transferir 150 brigadianos (policiais militares) do interior do Estado para a capital. O reforço do efetivo porto alegrense acontece pouco tempo depois da Secretaria de Segurança Pública divulgar aumento de 29% nos casos de homicídio, 19% nos roubos e 11% nos furtos de veículos no primeiro semestre de 2014, em comparação com o mesmo período do ano passado em Porto Alegre.

Durante a Copa do Mundo o efetivo da Brigada Militar na capital foi reforçado com a vinda de 2 mil policiais transferidos temporariamente do interior, o que gerou revolta entre os prefeitos das cidades afetadas.

Um levantamento feito pela Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) apontou que no mês de junho, em todo o Estado, foi registrado aumento de 38% nos casos de homicídio, 23% nos roubos de veículo, e 10% nos furtos de veículo.

De acordo com o comunicado divulgado pela governo estadual, os policiais serão deslocados de cidades com baixos índices de criminalidade. Junto à isso, policiais que exercem funções administrativas serão remanejados para o trabalho nas ruas.A maior parte dos policiais será designada para patrulha a pé em áreas onde foram registradas um maior número de ocorrências criminais.

Segundo firmou no comunicado divulgado pelo governo, o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Fábio Duarte Fernandes "essa medida é para dar uma resposta e combater essas ações de violência, além de possibilitar à população o uso de espaços públicos e proporcionar maior sensação de segurança“.

Tags: esquema, policiais, porto alegre, segurança, violência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.