Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

País

Detento coloca tornozeleira eletrônica em galo no RS

Agência Brasil

Um galo foi encontrado usando uma tornozeleira eletrônica na cidade de Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre. O equipamento é utilizado por detentos que cumprem penas no regime semiaberto.

O caso foi descoberto quando a Brigada Militar (PM local) fazia uma patrulha no bairro Guajuviras e identificou um homem em atitude suspeita. Ao ser identificado a polícia verificou que ele deveria estar sendo monitorado por meio da tornozeleira eletrônica pelo Instituto Penal de Monitoramento Eletrônico da Região Metropolitana.

Galo foi encontrado com tornozeleira que deveria estar em detento
Galo foi encontrado com tornozeleira que deveria estar em detento

Com o homem, a polícia encontrou um revólver com numeração raspada, munição, cocaína, maconha e R$ 30 em dinheiro. Quando a polícia foi até a casa dele, encontrou o galo usando a tornozeleira no lugar do dono.

Indagada sobre o assunto, a Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe) informou que a tornozeleira não estava funcionando porque, “no momento em que o equipamento é retirado, o lacre e a fibra ótica são rompidos, o aparelho deixa de funcionar “, o que teria acontecido às 11h34 de segunda-feira.

Entretanto, a Susepe não explicou porque o detento não foi procurado após tirar a tornozeleira. Ele só foi preso pela Brigada Militar na quarta-feira, por volta das 22h, quase 60 horas depois.

Tags: animal, detento, equipamento, fuga, segurança

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.