Jornal do Brasil

Domingo, 23 de Novembro de 2014

País

Prefeitura confirma mais cinco feridos na queda de aeronave em Santos

Agência Brasil

A prefeitura de Santos confirmou que cinco pessoas com ferimentos leves foram encaminhadas hoje (13) ao Pronto-Socorro Central da cidade. Elas estavam perto do local da queda do avião em que estava o candidato do PSB à Presidência da República, Eduardo Campos. A aeronave caiu no bairro do Boqueirão, provocando a morte de Campos e de mais seis pessoas. Agora, são 12 as pessoas feridas no acidente. Mais cedo, a Santa Casa confirmou o atendimento de sete pessoas, com ferimentos leves, em consequência da queda do avião.

As cinco pessoas encaminhadas ao pronto-socorro já foram liberadas e passam bem: uma mulher de 70 anos e uma de 35 e um casal, ambos de 29 anos, que estava com a filha de 9 anos. A maioria deles tiveram queimaduras leves.

De acordo com o Comando da Aeronáutica, a aeronave, que caiu em uma casa na altura do número 50 da Rua Vahia de Abreu, 50, na esquina com a Rua Alexandre Herculano, no bairro do Boqueirão, é um Cessna 560XL, prefixo PR-AFA,  que decolou do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto de Guarujá, no litoral paulista.Quando se preparava para o pouso, o avião arremeteu devido ao mau tempo. Em seguida, o controle de tráfego aéreo perdeu contato com a aeronave.

A Aeronáutica informou que já iniciou as investigações para apurar os fatores que possam ter contribuído para o acidente. 

Tags: Campos, candidato, eduardo, morte, presidência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.