Jornal do Brasil

Segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

País

Marina Silva faz homenagem a Eduardo Campos em rede social

Jornal do Brasil

Marina Silva utilizou sua página no Facebook para fazer homenagens a Eduardo Campos, morto em em um acidente de avião nesta quarta-feira (13). Ela acompanhava o candidato à Presidência da República na chapa formada entre a Rede Sustentabilidade e o PSB, como vice presidente. 

Antes de conceder uma breve entrevista coletiva, Marina alterou a imagem superior do seu perfil. No lugar da foto em que aparecia com Eduardo Campos, a política colocou um fundo preto, simbolizando luto. A imagem teve grande repercussão entre os internautas. Nos comentários, eleitores se disseram enlutados e prestaram homenagem a Eduardo Campos.

Marina Silva faz homenagem a Eduardo Campos em sua página no Facebook
Marina Silva faz homenagem a Eduardo Campos em sua página no Facebook

Após a coletiva, Marina escreveu na rede social o pronunciamento oficial da Coligação Unidos pelo Brasil. Leia:

"Não vamos desistir do Brasil." A frase, dita por Eduardo Campos na véspera do acidente que o vitimou, expressa o testemunho e o desejo de um brasileiro que pautou sua vida pelo anseio de ver a nação unida em torno de um projeto que contemple a melhoria de vida de todos os seus cidadãos. Embalava, no presente, o mesmo sonho que alimentou a trajetória de seu avô Miguel Arraes ou, como ele mesmo dizia carinhosamente, do Dr. Arraes.

Texto foi postado na página de Marina Silva, no Facebook
Texto foi postado na página de Marina Silva, no Facebook

Interrompeu-se hoje o caminho de um homem que acreditava na renovação da política pela força do povo brasileiro em escrever o seu destino. Morre Eduardo Henrique Accioly Campos, mas fica o seu legado de luta pelos ideais de um Brasil mais democrático, próspero, solidário, sustentável e justo socialmente.

A Coligação Unidos pelo Brasil acredita que a perda de Eduardo encerrou sua vida, mas não seus ideais. Fica a semente da esperança que move diariamente os brasileiros criativos e empreendedores, capazes de transformar em virtuoso seu duro cotidiano.

A Coligação Unidos pelo Brasil se solidariza com a dor irreparável das famílias de Eduardo Campos e de seus companheiros Pedro Valadares, Carlos Percol, Alexandre Severo Gomes da Silva, Marcelo Lyra, Geraldo da Cunha e Marcos Martins. O momento é de luto e impõe o necessário recolhimento.

Tags: Coligação, Eduardo Campos, futuro, luto, Marina Silva

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.