Jornal do Brasil

Quinta-feira, 21 de Junho de 2018 Fundado em 1891

País

Marina Silva faz homenagem a Eduardo Campos em rede social

Jornal do Brasil

Marina Silva utilizou sua página no Facebook para fazer homenagens a Eduardo Campos, morto em em um acidente de avião nesta quarta-feira (13). Ela acompanhava o candidato à Presidência da República na chapa formada entre a Rede Sustentabilidade e o PSB, como vice presidente. 

Antes de conceder uma breve entrevista coletiva, Marina alterou a imagem superior do seu perfil. No lugar da foto em que aparecia com Eduardo Campos, a política colocou um fundo preto, simbolizando luto. A imagem teve grande repercussão entre os internautas. Nos comentários, eleitores se disseram enlutados e prestaram homenagem a Eduardo Campos.

Marina Silva faz homenagem a Eduardo Campos em sua página no Facebook

Após a coletiva, Marina escreveu na rede social o pronunciamento oficial da Coligação Unidos pelo Brasil. Leia:

"Não vamos desistir do Brasil." A frase, dita por Eduardo Campos na véspera do acidente que o vitimou, expressa o testemunho e o desejo de um brasileiro que pautou sua vida pelo anseio de ver a nação unida em torno de um projeto que contemple a melhoria de vida de todos os seus cidadãos. Embalava, no presente, o mesmo sonho que alimentou a trajetória de seu avô Miguel Arraes ou, como ele mesmo dizia carinhosamente, do Dr. Arraes.

Texto foi postado na página de Marina Silva, no Facebook

Interrompeu-se hoje o caminho de um homem que acreditava na renovação da política pela força do povo brasileiro em escrever o seu destino. Morre Eduardo Henrique Accioly Campos, mas fica o seu legado de luta pelos ideais de um Brasil mais democrático, próspero, solidário, sustentável e justo socialmente.

A Coligação Unidos pelo Brasil acredita que a perda de Eduardo encerrou sua vida, mas não seus ideais. Fica a semente da esperança que move diariamente os brasileiros criativos e empreendedores, capazes de transformar em virtuoso seu duro cotidiano.

A Coligação Unidos pelo Brasil se solidariza com a dor irreparável das famílias de Eduardo Campos e de seus companheiros Pedro Valadares, Carlos Percol, Alexandre Severo Gomes da Silva, Marcelo Lyra, Geraldo da Cunha e Marcos Martins. O momento é de luto e impõe o necessário recolhimento.



Tags: coligação, eduardo campos, futuro, luto, marina silva

Compartilhe: