Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

Eduardo Campos morreu no mesmo dia do avô, Miguel Arraes

Agência ANSA

Eduardo Campos, candidato à presidência da República pelo PSB, que sofreu acidente aéreo em Santos nesta quarta-feira (13), morreu no mesmo dia em que seu avô, o também político Miguel Arraes, que foi três vezes governador de Pernambuco e um dos grandes nomes da política do nordeste no Brasil.

    Arraes morreu no dia 13 de agosto de 2005, aos 88 anos, após sofrer com uma infecção pulmonar. Além de governar o estado de Pernambuco, o político que iniciou a carreira em 1947, foi deputado estadual, deputado federal, secretário de Estado e prefeito de Recife. Após o golpe militar de 1964, o político foi exilado na Argélia e só retornou ao Brasil em 1979. Arraes tinha Eduardo Campos como seu sucessor natural no mundo da política. 

Ainda na década de 80, Campos, apoiado pelo avô, iniciou a sua carreira em Pernambuco. Antes de se tornar candidato à presidência da República, ele foi concorreu à prefeitura de Recife, foi deputado federal, ministro da Ciência e Tecnologia no primeiro mandato do governo Lula, além de ser eleito duas vezes governador de Pernambuco. (ANSA)

Tags: arraes, avião, Campos, eleição, morte, queda

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.