Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

País

Ex-contadora de Youssef vai depor no Conselho de Ética da Câmara

Agência Brasil

A ex-contadora do doleiro Alberto Youssef, Meire Poza, vai depor amanhã (13), a partir das 10 horas, no Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, a convite do colegiado. A contadora irá prestar esclarecimentos sobre a relação do doleiro com o deputado Luiz Argôlo (PSD-BA), que responde a processo de cassação do mandato por quebra de decoro parlamentar.

A contadora Meire Poza revelou, em entrevista à revista Veja desta semana, como era a relação do doleiro, preso pela Polícia Federal na Operação Lava Jato, com alguns parlamentares, entre eles Luiz Argôlo. Ela também relatou como funcionava o esquema de pagamento de propinas a parlamentares, intermediado por Youssef.

De acordo com a reportagem da revista, Meire Poza disse que participou de algumas operações do grupo e que viu malas de dinheiro saindo da sede de empreiteiras e embarcando em aviões para serem entregues a políticos. A contadora prestou depoimentos à Polícia Federal, nas últimas semanas, e está colaborando com as investigações.

Ontem (11), o relator do processo contra Argôlo, deputado Marcos Rogério (PDT-RO), apresentou requerimento ao conselho pedindo que fosse feito o convite à contadora. Por e-mail, o presidente do colegiado, deputado Ricardo Izar (PSD-SP), convidou Meire Poza para o depoimento e ela aceitou comparecer para prestar os esclarecimentos solicitados pelo relator e demais integrantes do colegiado. 

Depois do depoimento da contadora, o Conselho de Ética vai ouvir as explicações do gerente da agência da Caixa Econômica Federal, localizada no Anexo IV da Câmara, Douglas Bento, a respeito das denúncias envolvendo o deputado Luiz Argôlo. O gerente foi indicado como testemunha de defesa do deputado.

Tags: ação, depoimentos, doleiro, federal, polícia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.