Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

País

Irmão de condenado por queimar dentista é detido por furto

Portal Terra

Um carro furtado foi recuperado e quatro adolescentes apreendidos, na tarde deste domingo, em Diadema, na Região Metropolitana de São Paulo. Um dos rapazes detidos, 17 anos, é irmão de um dos jovens condenados por queimar vivo a dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, 47 anos, no consultório onde ela trabalhava, no ano passado.

Policiais militares identificaram um veículo Fiat Uno trafegando no bairro de Taboão com quatro ocupantes. Eles deram ordem de parada, mas o motorista não obedeceu. Teve início então uma perseguição, o Uno bateu em uma viatura, um carro Toyota e parou ao colidir com um carro Pointer estacionado.

De acordo com a polícia, os quatro adolescentes, de 15 anos, 17 e dois de 16, desceram o veículo, um deles apontando uma arma. Um dos policiais disparou duas vezes, atingiu o Uno e a perna direita do suspeito. Ele foi socorrido no Hospital Municipal de Diadema, onde permanece em observação.

A perícia constatou que a arma do adolescente era um simulacro. O caso foi encaminhado para o 3º Distrito Policial (DP).

Dentista morta

Moutinho de Souza foi assassinada em seu consultório, na rua Copacabana, bairro Anchiet, em São Bernardo do Campo. A dentista teria afirmado que não tinha dinheiro para dar aos assaltantes, e os criminosos então atearam fogo nela. Três pessoas foram presas e condenadas pela morte da dentista, entre eles um adolescente de 17 anos.

Tags: carro, crime, dentista, furto, SP

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.