Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

País

Presos em Manaus suspeitos de aplicar R$ 500 mil em golpes

Portal Terra

A Polícia Civil prendeu, no final da manhã de hoje, três homens suspeitos de integrar uma quadrilha de estelionatários que aplicavam golpes em Manaus, Fortaleza, João Pessoa e Natal. Já foram contabilizadas 15 vítimas e um prejuízo que pode ultrapassar meio milhão de reais.

Segundo a polícia, que há um mês investigava o grupo, Henrique Mota de Araújo, 21 anos; Aguinaldo Maquiné Oliveira, que se passava por Edson, 53 anos; e Jorge Mattos Nogueira, que dava o nome falso de Abraão ou Jaime, 67 anos, usavam cartões de créditos clonados para comprar de cosméticos a equipamentos indústrias. Só em uma empresa o grupo comprou R$ 143 mil em equipamentos. "Nós só percebemos o golpe depois de um mês, quando a operadora do cartão de crédito sustou o valor da venda depois que o verdadeiro dono questionou a compra", contou a gerente de uma das lojas vítimas do golpe e que preferiu não divulgar o nome.

A quadrilha foi presa no bairro de Aparecida, zona sul de Manaus, no momento em que recebia uma carga de equipamentos de refrigeração comprados ontem com cartão clonado. O valor da compra foi de R$ 90 mil e o material foi recuperado. "Esse material provavelmente iria ser revendido no interior do estado por um valor mais baixo", explicou a delegada Marcia Chagas. 

Hoje pela manhã, uma das vítimas da quadrilha, que mora em Natal, no Rio Grande do Norte, ligou para o telefone de um dos suspeitos para cobrar R$ 6 mil da venda de pacotes turísticos. Quem atendeu a ligação foi um policial, que informou para o homem do outro lado da linha que ele havia sido vítima de um golpe.

"Já identificamos 15 vítimas da quadrilha só aqui em Manaus. Mas já sabemos de outras empresas lesadas na Paraíba, no Ceará e no Rio Grande do Norte", explicou a delegada Marcia Chagas, que coordenou as investigações.

Além de serem indiciados por estelionato, os três suspeitos também foram autuados em flagrante por uso de documento falso, falsidade ideológica e posse ilegal de arma de fogo.

Tags: Amazonas, estelionatários, Fraudes, prisões, refrigeração

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.