Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

País

Tigre que atacou menino sairá de isolamento nesta segunda

Portal Terra

O veterinário Valmor dos Passos, responsável técnico do Zoológico Municipal de Cascavel (PR), informou que o tigre Hu, que atacou um menino na semana passada, será liberado nesta segunda-feira e volta para a sua rotina normal. "Ele está bem clinicamente. Zootecnicamente não apresenta nada de errado. A atitude que ele teve estava dentro do esperado pela natureza do animal", disse.

O veterinário criticou o surgimento do boato nas redes sociais de que o animal poderia ser sacrificado. "Não existe a menor possibilidade disso acontecer. É um boato leviano que surgiu para criar ainda mais polêmica dentro de um assunto tão delicado. Não existe nenhuma chance de se fazer a eutanásia no animal", ressaltou. Ele explicou que a medida de isolamento do tigre foi tomada para o bem-estar do animal, que estava estressado com o que ocorreu. A medida, no entanto, somente ocorria durante o horário de visitação e, na sequência, o animal era liberado. 

O superintendente regional do Instituto Brasileito do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no Paraná, Jorge Augusto Afonso, declarou em nota que o zoológico está regularizado, com boa estrutura e dentro das normas de segurança exigidas. Segundo o comunicado, a grade de proteção dos felinos tem a altura correta - de 1,50 metro e distância de 2,10 metros da grade. As placas de sinalização com alerta de perigo também estão de acordo com a instrução normativa do Ibama. 

Também em nota, o secretário de Meio Ambiente de Cascavel Paulo Carlesso, lamentou o ocorrido e afirmou que toda a equipe da secretaria e do quadro funcional do zoológico estão sensibilizados com o drama da família. “Os servidores estão muito abalados, mas manifestamos solidariedade para que possam voltar às atividades costumeiras, uma vez que prestam serviços relevantes ao município e à sociedade”, enfatizou o secretário. A preocupação nesse momento é a recuperação do menino, “foi lastimável o ocorrido, porém apuramos que não houve erro de procedimento na rotina do zoológico que, em 38 anos de história, não tem registros de incidentes semelhantes, seja com visitantes, seja com funcionários”, reforçou.

Menino perdeu o braço

Na última quarta-feira, na área de felinos do zoo, o menino Vrajmany Fernandes Rocha, 11 anos, colocou o braço através da grade e acabou sendo mordido pelo o tigre Hu. O garoto invadiu a área proibida para visitantes, tentou alimentar o felino e incitou o animal através da grade. As cenas foram registradas em vídeo por testemunhas que também visitavam o local.

A criança teve o braço amputado na altura do ombro e está internado no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP). A assessoria do hospital informou nesta manhã que o quadro do menino permanece estável e que ele está se recuperando bem. O garoto é acompanhado pela assistente social e psicóloga do HUOP e responde bem ao tratamento. De acordo com a assessoria do hospital, ele deve receber alta até a próxima quarta-feira.

Tags: braço, grade, menino, pai, zoológico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.