Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

País

PT vai à PGR contra Aécio por uso ilegal de aeroporto

Jornal do Brasil

O Partido dos Trabalhadores (PT)  ingressou, nesta sexta-feira (1º), com pedido de abertura de inquérito criminal contra o candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) na Procuradoria-Geral da República (PGR). Na véspera, em artigo publicado no jornal Folha de S. Paulo,  o tucano assumiu ter utilizado por “várias vezes” a pista do aeroporto de Cláudio (MG), reformada com recursos públicos em terras que pertenceram à sua família.

O aeroporto não foi homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e, por isso, não tem autorização para receber pousos e decolagens.

De acordo com o coordenador jurídico do PT, Flávio Caetano, a utilização do aeroporto, sem a homologação, fere o artigo 261 do Código Penal por expôr a perigo aeronave ou praticar ato que dificultou a navegação aérea. Segundo resolução da Anac, a utilização da pista irregular pode constituir risco ao tráfego aéreo.

>> Governo de Minas Gerais construiu aeroporto em terra de tio de Aécio Neves

>> Aécio Neves admite uso de aeroporto na terra do tio em Minas

>> Aeroporto de MG pode ajudar tio de Aécio com dívida

>> Lula pede investigação de aeroporto em terra de tio de Aécio

>> Anac vai apurar aeroporto em terreno de tio de Aécio Neves

Após a confissão de Aécio, o  líder do PT na Câmara dos Deputados, deputado Vicentinho (SP), quer uma investigação aprofundada sobre a conduta do senador tucano. O parlamentar apresentou dois requerimentos à Mesa Diretora da Câmara.

Em um, pede que a Secretaria de Aviação Civil informe sobre a construção e funcionamento do aeroporto. No outro requerimento, Vicentinho solicita ao Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), informações sobre pousos e decolagens na pista de Cláudio.

“Apenas assumir que usou o aeroporto não basta”, afirma Vicentinho, que quer o caso totalmente apurado.

A Anac notificou o governo de Minas Gerais e a prefeitura de Cláudio para que mais informações sobre a utilização da pista sejam apresentadas, segundo a assessoria de imprensa do órgão. A agência também fará diligências no aeródromo para apurar eventuais irregularidades em sua utilização. Não há prazo definido para a conclusão da apuração.

O Ministério Público de Minas também quer aprofundar as investigações. Nesta semana, foi instaurado um procedimento para esclarecer todas as circunstâncias.  Os promotores querem verificar todos os elementos e não descartam denunciar o caso à Justiça.

A prefeitura de Cláudio informou, em nota enviada pela Assessoria de Comunicação, que assumiu a gestão do aeroporto apenas no dia 30 de junho de 2014 e que, desde então, a pista não recebe pousos ou decolagens.

Já a Secretaria de Aviação Civil e a Força Aérea Brasileira informaram que cabe à Anac as providências para impedir a aviação irregular no País e apurar os fatos ocorridos em Cláudio.

Tags: candidato, terminal, terreno, tio, Voos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.