Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

Plataforma da Petrobras atingida por foco de incêndio voltou a operar

Agência Brasil

A Petrobras informou que já está sendo retomada a produção normal da Plataforma Namorado 1 (PNA-1), atingida na quarta-feira (30) por um foco de incêndio durante serviço de manutenção de uma viga da estrutura metálica, que opera no Campo de Namorado, na Bacia de Campos, no norte fluminense.

A produção da PNA-1, com 2,4 mil barris de petróleo por dia, foi interrompida até o início da tarde de ontem (31), quando foram concluídas as atividades de reparo da linha do equipamento de separação e iniciado o procedimento de retorno à produção. A companhia comunicou o fato às autoridades e iniciará imediatamente a investigação com o objetivo de apurar as causas.

Em nota, a estatal informou que o foco de incêndio foi rapidamente controlado por um operador e pelo técnico de segurança da unidade, não havendo a necessidade de atuação da brigada de emergência. Não houve danos à integridade das pessoas a bordo.

Nesta mesma unidade, também foi constatado um vazamento de água oleosa para o convés da plataforma em uma das linhas do equipamento. Embarcações especializadas e sobrevoo de helicóptero não identificaram manchas de óleo no mar.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF), Wilson Reis, o vazamento ocorreu em uma linha de drenagem do equipamento. “Isso atuou o sensor de gás do módulo, ocasionando uma despressurização repentina do sistema de gás. Com isso, houve um vazamento do sistema de alívio da plataforma”.

Desde ontem, a produção na plataforma voltou a ser normalizada gradativamente.

Tags: acidente, Atividade, Petróleo, Plataforma, vazamento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.