Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

País

Túmulos de Monteiro Lobato e Mário de Andrade são violados em SP

Portal Terra

Criminosos furtaram os túmulos dos escritores Monteiro Lobato e Mário de Andrade no cemitério da Consolação, na região central de São Paulo, conforme informou a prefeitura. Segundo o Serviço Funerário de São Paulo, não é possível precisar as datas dos crimes, mas, segundo a pasta, esse tipo de furto é rotineiro nos cemitérios da cidade. Ao todo, entre janeiro do ano passado e julho deste ano, já foram registradas mais de 600 ocorrências nos 22 cemitérios da cidade.

No caso do túmulo do escritor Monteiro Lobato, morto em 1948, o portão de acesso ao mausoléu foi levado pela segunda vez. Segundo o serviço funerário, no primeiro furto os assaltantes acabaram detidos pela polícia em flagrante. Porém, o portão de bronze voltou a ser roubado mais uma vez. Além da peça, os criminosos ainda levaram um adorno, também em bronze, que estava pregado na lápide.

Já do túmulo de Mário de Andrade, enterrado no cemitério em 1945, também foi levado o portão de bronze do mausoléu. Segundo a prefeitura, foram lavrados 22 boletins de ocorrência por furtos no cemitério entre 2013 e 2014.  A segurança, que é feita por dois seguranças e dois PMs de bicicleta, será ampliada para todo o dia e contará com o auxílio da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Segundo a administração municipal, a participação da GCM já foi testada no cemitério do Araçá e provocou a queda no número de ocorrências no local. O serviço funerário acredita que alta no número de furtos no cemitério da Consolação seja uma espécie de migração dos bandidos que deixaram o cemitério do Araçá.

Nos próximos dias, a GCM deverá reforçar a vigilância tanto no cemitério da Consolação como na Necrópole São Paulo.

Tags: cemitérios, consolação, Roubos, SP, túmulos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.