Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

País

Justiça impede piquetes de grevistas em prédios da USP 

Portal Terra

A Justiça de São Paulo determinou na quinta-feira a reintegração de posse dos prédios da Universidade de São Paulo (USP), ocupados por funcionários em greve da instituição. Em decisão liminar, a Justiça proibiu também que os trabalhadores façam piquetes em imóveis da universidade.

Na decisão, o juiz Kenichi Koyama afirma que a proibição não proíbe a realização da greve. "Nem mesmo o direito de greve dá aos grevistas o direito de se apossar dos prédios públicos", decidiu o juiz. A USP alega que os grevistas vêm bloqueando o acesso aos prédios por meio de piquetes. O juiz autorizou a ação de força policial para liberar as entradas e saídas dos prédios da universidade.

Professores e funcionários da USP estão em greve desde o dia 27 de maio, depois que a reitoria congelou a discussão sobre reajuste de salários.

Tags: decisão, justiça, paralisação, são paulo, universidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.