Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Autor de texto contra Dilma, banco doou R$ 2 milhões a PT e PSDB

Portal Terra

Nas eleições de 2010 o Banco Santander doou R$ 2 milhões para as campanhas presidenciais do PSDB e PT, de acordo com as informações disponibilizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em uma análise financeira emitida aos clientes Select – de maior renda-, a instituição financeira espanhola afirmava que a queda da presidente Dilma Rousseff nas pesquisas representava uma melhoria nos índices econômicos.

Ambas as doações de R$ 1 milhão, cada, foram realizadas no mesmo dia, 15 de outubro de 2010, por meio de transferência eletrônica, com os valores destinados aos comitês financeiros para presidente da República. 

Ainda de acordo com as informações do TSE, o Santander também doou outros R$ 800 mil para a Direção Nacional do PMDB, no dia 27 de setembro de 2010. 

>> Em site, Santander se desculpa por críticas a Dilma

>> Banco diz a clientes que queda de Dilma é boa para economia

Informe do Santander alerta para risco do crescimento de Dilma nas pesquisas
Informe do Santander alerta para risco do crescimento de Dilma nas pesquisas

Sobre a análise financeira, em nota o banco pediu desculpas aos seus clientes afirmando que o texto não tem viés político ou partidário. A mensagem enviada no comunicado Você e Seu Dinheiro publicado com o extrato dos clientes Select diz que o crescimento de Dilma nas pesquisas pode provocar um cenário de “reversão”.

"Se a presidente se estabilizar ou voltar a subir nas pesquisas, um cenário de reversão pode surgir. O câmbio voltaria a se desvalorizar, juros longos retomariam alta e o índice da Bovespa cairía, revertendo parte das altas recentes", diz o texto. 

O comunicado afirma que "a quebra de confiança e o pessimismo crescente em relação ao Brasil em derrubar ainda mais a popularidade da presidente, que vem caindo nas últimas pesquisas, e que tem contribuído para a subida da Ibovespa".

Em nota, o Santander afirmou que "adota critérios exclusivamente técnicos em todas as análises econômicas, que ficam restritas à discussão de variáveis que possam afetar os investimentos dos correntistas, sem qualquer viés político ou partidário".

"O texto veiculado na coluna ‘Você e Seu Dinheiro’, no extrato mensal enviado aos clientes do segmento Select, pode permitir interpretações que não são aderentes a essa diretriz. A instituição pede desculpas aos seus clientes e acrescenta que estão sendo tomadas as providências para assegurar que nenhum comunicado dê margem a interpretações diversas dessa orientação", diz a nota.

Tags: alerta, banco, dilma, economia, informe

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.