Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País

Onze pessoas são condenadas por desvio de R$ 33 milhões no CE

Portal Terra

A Justiça Federal do Ceará condenou 11 pessoas ligadas a desvio de R$ 33 milhões do Fundo de Investimento do Nordeste (Finor). A decisão teve como base a denúncia do Ministério Público Federal no estado. A ação por improbidade administrativa foi aberta pelo procurador Francisco Macedo de Araújo Filho. A sentença determina a devolução dos recursos desviados e também decreta a indisponibilidade dos bens de todos os réus.

Com base nas investigações promovidas pela Controladoria Geral da União no município de Horizonte, na região Metropolitana de Fortaleza. Consta que houve a utilização de verba pública do Finor, por meio de financiamento firmado entre a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) e a empresa Marambaia Têxtil. O valor seria utilizado para instalar uma unidade industrial no município, na década de 90.

O projeto previa ainda a criação de 318 empregos diretos e a utilização de insumos locais. As investigações constataram que a indústria nunca chegou a funcionar, havendo o desvio dos recursos. O procurador ainda considerou que servidores da Sudene foram coniventes com a irregular aplicação da verba pública, uma vez que houve falha na fiscalização da execução do projeto.

Tags: ceará, Fraudes, justiça, penas, Tribunal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.