Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

País

Luciana Genro diz que desafio é dar voz às manifestações de junho

Agência Brasil

A candidata à Presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, participou de compromisso de campanha hoje (24) em São Paulo. Luciana teve um bate-papo com jovens na sede do partido. Ela conversou com representantes de movimentos sociais, coletivos e entidades sobre propostas para as eleições deste ano. A candidata lembrou as manifestações de junho de 2013 e disse que sua campanha tem o desafio de dar voz às demandas apresentadas nesse período.

“Eu me sinto orgulhosa de ser a porta-voz, nesse momento, desse conjunto de grupos políticos, organizações e movimentos que estão em busca de uma alternativa. Nós temos um desafio que é gigantesco. Nós precisamos vocalizar um conjunto de demandas que vieram à tona em junho, mas que não são filhas de junho. Estão latentes na realidade, mas junho destravou a exigência de mais e melhores direitos, e de mais respeito aos direitos que se tem”, declarou.

Segundo a candidata, sua chapa tem propostas para viabilizar demandas como a tarifa zero no transporte público e o maior acesso à cultura. “Temos propostas que apontam mudanças estruturais no sistema, que viabilizam essas demandas, como discussão sobre a dívida pública e estrutura tributária do país. Estamos apontando a necessidade de se mexer em interesses”, disse. À noite, Luciana Genro segue com agenda em São Paulo para lançamento de candidaturas do partido para o governo do estado e o Senado. 

Na capital paulista, o candidato Levy Fidelix (PRTB) teve reunião com os candidatos do partido ao governo de São Paulo e ao Senado e está prevista a inauguração do comitê político. Já o candidato Rui Costa Pimenta (PCO) teve encontro interno com a coordenação de campanha, e Eymael (PSDC) recebeu correligionários e candidatos a deputado federal e estadual. O candidato Eduardo Jorge (PV) participou de debate sobre segurança pública, no Instituto Sou da Paz.

Tags: . psol, luciana, passeatas, presidencial, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.