Jornal do Brasil

Quinta-feira, 2 de Outubro de 2014

País

Preso segundo suspeito da morte de policial militar em SP 

Portal Terra

A Polícia Civil de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo, prendeu nesta segunda-feira o segundo e último suspeito de participar da morte do policial militar Rodrigo de Lucca da Fonseca. O PM foi encontrado morto em um terreno no município de Suzano no dia 24 de junho. O homem foi detido em Itanhaém, na Baixada Santista, durante as investigações. Ele já havia sido identificado como o outro autor do crime, porém estava foragido.

O primeiro suspeito, Demerson Andrade de Carvalho, 21 anos, foi preso um dia depois de o corpo da vítima ser localizado. Ele estava em uma casa em Calmon Viana, na cidade de Poá. As investigações são coordenadas pelo delegado Alexandre Batalha.

O policial Rodrigo de Lucca da Fonseca, 28 anos, foi dado como desaparecido no dia 20 de junho. Ele trabalhava na equipe da Força Tática do 17º Batalhão Metropolitano. Segundo as investigações, ele foi abordado por dois suspeitos ao chegar em casa, em Mogi das Cruzes.

O carro da vítima foi localizado no dia seguinte, dentro de um córrego em Suzano. Em 24 de junho, o corpo foi encontrado por alguns operários de uma obra, na estrada Epilândio. 

Tags: interior, morte, PM, prisão, são paulo, terreno

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.