Jornal do Brasil

Sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

País

Atingidos por chuva no RS recebem doações de governo alemão

Portal Terra

A Defesa Civil do Rio Grande do Sul recebeu nesta segunda-feira R$ 100 mil em itens doados pelo Consulado da Alemanha para as famílias atingidas pela chuva entre o fim de junho e o começo de julho. Os 250 colchões, 350 travesseiros, 750 cobertores e 538 kits rancho serão enviados para as vítimas da cheia do rio Uruguai nos municípios de Itaqui, São Borja e Uruguaiana, na fronteira oeste do Estado.

“O nosso governo disponibiliza verbas para ações humanitárias, então não podemos nos omitir em um momento de tragédia como este. Não vamos resolver o problema, mas queremos dar nossa parcela de ajuda para estas pessoas”, destacou o cônsul alemão para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Dieter Fuchsenthaler.

Segundo a Defesa Civil, 2.924 pessoas seguem fora de casa - 532 desabrigados (em abrigos municipais) e 2.392 desalojados (em casas de parentes ou amigos). “Estamos trabalhando para que estas famílias possam retomar a normalidade de suas vidas. Nossa prioridade diz respeito à vida e a saúde dessas pessoas, para só depois iniciarmos ações de reconstrução dos estragos”, alertou o coordenador da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, coronel Oscar Moiano. 

O governo estadual disponibilizou R$ 9 milhões via Defesa Civil e Secretaria de Saúde para ações emergenciais nos municípios atingidos. Após sobrevoar as áreas afetadas da fronteira oeste na manhã do último sábado, a presidente Dilma Rousseff se reuniu com autoridades da região na prefeitura de Uruguaiana. Durante uma reunião com 15 prefeitos, a presidente confirmou o repasse de mais R$ 40 milhões para assistência social e reparos na infraestrutura do Estado, como estradas e reconstrução de residências, além de recursos para construção de novas moradias via Programa Minha Casa Minha Vida. O governo federal liberou R$ 14 milhões para ações emergenciais na semana passada.

Como ajudar 

A Defesa Civil segue recebendo doações para as famílias atingidas por chuva e cheias. Quem deseja ajudar pode procurar as 11 unidades do órgão no Estado, além de cerca de 300 pontos da Campanha do Agasalho. A maior necessidade é itens de limpeza e higiene, cobertores, colchões, materiais de construção e alimentos.

Tags: desabrigados, enchentes, federais, gaúchos, recursos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.