Jornal do Brasil

Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

País

SE: família é retirada de escombros; bebê não sobrevive

Portal Terra

O Corpo de Bombeiros resgatou, por volta de meio-dia deste domingo, as quatro pessoas que estavam soterradas em um prédio que desabou na madrugada de sábado. Porém, uma das vítimas - um bebê com menos de 1 ano de vida - não resistiu aos ferimentos e morreu.

A informação foi confirmada por volta de 13h, pela assessoria do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), para onde foram levados, além do bebê, o pai, a mãe e a irmã de seis anos, que sobreviveram sobre os escombros por mais de 34 horas.

A primeira vítima a ser resgatada pelos bombeiros foi a menina de seis anos, que foi retirada por um acesso criado pela equipe de resgate. Em seguida, o pai foi retirado do local, seguido pelo bebê e pela mãe. 

Ainda na tarde de ontem, os bombeiros conseguiram localizar o local onde estariam as vítimas, o que fez com que as equipes continuassem as buscas ininterruptamente durante toda a madrugada. A iluminação no local foi reforçada ao anoitecer e uma ambulância permaneceu na região para dar os primeiros socorros às pessoas. O tenente-coronel José Erivaldo Mendes, coordenador da Defesa Civil de Sergipe, qualificou como "milagre" a sobrevivência dos quatro membros da família.

Na manhã de hoje, foi feito o primeiro contato visual com os soterrados. Após esse contato, os bombeiros conseguiram fornecer água e oxigênio para as vítimas. As equipes contaram com a ajuda de um equipamento da Força Nacional para chegar até os sobreviventes. O instrumento – espécie de radar que capta ruídos muito baixos - foi importante para estabelecer o local exato da escavação. 

As causas do desabamento ainda são desconhecidas, mas autoridades confirmaram que a construção do prédio estava regular e possuía licença expedida pela Prefeitura de Aracaju. A assessoria de comunicação da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), da Prefeitura de Aracaju, informou ainda que o prédio estava em fase de finalização e possuía 12 apartamentos.

Os bombeiros devem oferecer um laudo sobre o desabamento em até 30 dias. O que se sabe até agora é que o desabamento aconteceu durante uma forte chuva que caiu durante a madrugada de sábado.

Tags: desabamento, prédio, resgate, sergipe, socorro

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.