Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Luciana Genro denuncia ter sido agredida por PMs em SP 

Portal Terra

O Psol afirma que a candidata à Presidência da República pelo partido, Luciana Genro, foi agredida por policiais militares às 12h30 desta sexta-feira na Avenida Paulista, em São Paulo. Segundo o site oficial de Luciana, a agressão partiu de dois PMs que jogaram spray de pimenta em militantes que participavam de um ato no local. 

A nota afirma que foram atingidos militantes e candidatos, como o deputado federal Ivan Valente (SP), o deputado estadual Carlos Giannazi e Gilberto Maringoni, que concorre ao governo estadual. Dois jornalistas do SBT também teriam sido agredidos.

“Diante deste fato, a Coordenação da Campanha Presidencial do Psol exigirá explicações e a apuração dos responsáveis por esta agressão, em audiência que será solicitada com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo”, diz o partido em nota.

“Nossa campanha foi agredida, eu pessoalmente fui atingida pelo gás, e não vamos deixar este fato passar em branco. É uma afronta à democracia e o governador Alckmin tem que se pronunciar”, declarou Luciana Genro.

O Terra entrou em contato com a Polícia Militar e aguarda posicionamento da corporação sobre o caso.

Tags: agressão, eleiçõs, partidos, policiais, psol

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.