Jornal do Brasil

Domingo, 21 de Dezembro de 2014

País

Vereador é preso por receptação qualificada em Mato Grosso

Irmão do político e dois empresários também foram detidos

Portal Terra

Um vereador foi preso no município de Colniza, no Mato Grosso, nesta sexta-feira. Acusado de integrar uma quadrilha de receptação de veículos roubados, o candidato a deputado estadual, Geison Gean Rodrigues Vasconcelos, 27 anos, recebeu um mandado de prisão preventiva.

O irmão do vereador, João Fernando Vasconcelos, 25 anos, e os empresários Cristian Manoel da Silva, 37, e Aparecido Neres Fonseca, 40, também foram presos. 

Segundo a Polícia Civil, a quadrilha era comandada pelo vereador, que chegou a lucrar mais de R$ 680 mil. O grupo roubava veículos, de preferência caminhões, para que as partes fossem vendidas separadas e depois clonavam placas de veículos semelhantes regulares, além de adulterar os chassis e falsificar os documentos.

Na operação foram apreendidos um caminhão Ford Cargo 2422, ano 2007, outro caminhão For Cargo, 2423, ano 2012, roubado em Lucas do Rio Verde. O caminhão estava com o Munck, que foi vendido separado. 

Também foi apreendido um caminhão Mercedes Benz Atron, 2729, roubado em Cuiabá em fevereiro de 2014, pertencente a uma empresa; um tanque de água vinculado ao caminhão Mercedes; uma motocicleta  de luxo, Yamaha DRAG Star 650, ano 2007. A moto estava em posse do irmão do vereador e pertence a uma pessoa de Chapada dos Guimarães

O vereador segue preso e responderá por receptação qualificada para cada um dos bens apreendidos. Seu irmão pagou fiança de R$ 4 mil e responderá o processo em liberdade. Silva ainda está preso na Cadeia Pública e Fonseca está livre depois de pagar uma fiança de R$ 30 mil

Tags: Corrupção, geison gean, mato grosso, Polícia Cívil, vereador

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.