Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

País

Mesmo sem taça, Brasil promoveu a Copa das Copas, diz Dilma em carta à seleção

Presidenta afirma que seleção e futebol brasileiro são maiores que resultados passageiros

Agência Brasil

Apesar do desempenho ruim da seleção brasileira na Copa do Mundo, a presidenta Dilma Rousseff enviou neste domingo (13) uma carta aos jogadores e à comissão técnica agradecendo “os momentos de alegria” proporcionados por eles durante o Mundial.

Na carta, Dilma afirma que a seleção e o futebol brasileiro “são maiores do que quaisquer resultados passageiros”. “O que permanecerá mais forte no coração do nosso povo serão os momentos de alegria que vocês nos proporcionaram nesta Copa e que, seguramente, irão nos garantir em Copas futuras”.

Para a presidenta, a campanha aquém do esperado servirá como lição: “Todos nós, sem exceção, saberemos aproveitar as lições de agora para melhorar ainda mais o nosso futebol, dentro e fora dos estádios. Assim que vamos ampliar a história de sucesso da nossa seleção”, disse Dilma.

Uma das favoritas à conquista da Copa, a seleção brasileira ficou na quarta colocação, sendo que perdeu os dois últimos jogos de goleada – 7 a 1 para a Alemanha, no Estádio Mineirão, nas semifinais, e 3 a 0 para Holanda, na disputa pelo terceiro lugar, ontem (12), em Brasília.

Mesmo sem vencer a Copa, a presidenta Dilma avaliou, na carta, que o país conseguiu promover “a Copa das Copas”. “Nós, brasileiros, não levamos a Taça, mas fizemos a Copa das Copas. Sem vocês [jogadores e comissão técnica], isso jamais seria possível. Recebam nosso carinho e nosso sincero agradecimento”, escreveu a presidenta. 

Tags: copa do mundo, dilma, presidente, repercussão, seleção

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.