Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

País

Empreiteiras doaram mais de R$ 370 milhões a partidos nos últimos quatro anos

Andrade Gutierrez foi a que repassou o maior valor: R$ 120.198.000,00

Jornal do BrasilAna Luiza Albuquerque e Gisele Motta*

As maiores empresas de construção do Brasil doaram mais de R$ 370 milhões aos partidos políticos nos últimos quatro anos - de 2010 a 2013 - segundo levantamento realizado pelo Jornal do Brasil com base em dados oficiais divulgados no site do Tribunal Superior Eleitoral. Vale destacar que, mesmo em anos em que não há eleições, as empreiteiras fazem doações para ter bons negócios.

A quantia exata foi de R$ 374.310.055,32. A empreiteira que doou mais foi a Andrade Gutierrez, com R$ 120.198.000,00. Em seguida, veio a Queiroz Galvão, com R$ 110.075.000,00. Em terceiro lugar, apareceu a Camargo Corrêa, com R$ 59.140.000,00. A OAS ficou em quarto, com R$ 50.222.000,00, perto da Odebrecht, que repassou R$ 48.142.000,00. A Cowan liberou R$ 2.175.055,32, enquanto a Delta fez a menor doação, de R$ 1.800.000,00.

O valor total é maior, inclusive, do que o PIB de 2013 de 129 países, entre eles Nova Zelândia, Iraque, Hungria, Marrocos, Eslováquia, Equador, Croácia, Bulgária, Uruguai, Costa Rica, Eslovênia, Paraguai. 

Os críticos às doações de empresas aos partidos argumentam que o dinheiro repassado sempre retorna à companhia, que encara aquilo como um investimento, e não uma doação. De acordo com estudo realizado pelo Instituto Kellogg, da Universidade do Texas, para cada R$ 1,00 doado a campanhas eleitorais, as empresas recebem R$ 8,50 de volta em contratos com o Estado.

Veja as tabelas com as doações de 2010, 2011, 2012 e 2013

Tags: construtoras, doações, Eleições, empreiteiras, partidos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.