Jornal do Brasil

Domingo, 26 de Outubro de 2014

País

AM: médico reage a assalto e é morto na frente de pacientes

Jornal do Brasil

Um médico foi assassinado no final da manhã desta sexta-feira, em Manaus, após reagir a um assalto na clínica onde trabalhava, na zona centro-sul da capital amazonense. Durante a ação outra vítima, um homem de 19 anos, levou um tiro no ombro, foi socorrido e passa bem.

Segundo a Polícia Militar, por volta das 11h30 três homens armados invadiram a Clínica de Medicina de Transporte (Clinitran), que fica na rua A, no conjunto Eldorado, no bairro Parque 10. Os suspeitos renderam os pacientes e, durante a confusão, o médico saiu do consultório para ver porque havia tanta gritaria, foi quando viu os bandidos e reagiu. “O médico apareceu com uma arma e quando foi reagir, os bandidos atiraram nele”, contou a estudante Kerolaine Nogueira, 28 anos, que estava na clínica.

O médico ortopedista Edmilson Vilar de Aguiar, 68 anos, foi baleado com cinco tiros. Após os bandidos fugirem levando pertences das vítimas, o médico foi socorrido por vizinhos da clínica e levado para o Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, mas chegou sem vida.

A outra vítima do assalto foi Darlan Trindade, 19 anos. Ele também foi levado para a mesma unidade hospitalar que o médico. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o jovem passa bem.

O caso é considerado latrocínio – roubo seguido de morte – e está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD). Segundo policiais militares da 23ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a arma do médico teria falhado. “O revólver que estava na cena do crime não tinha nenhuma munição deflagrada. Testemunhas disseram que ele tentou atirar, mas a arma falhou”, contou o tenente Sidney Chagas.

Tags: consultório, crime, manaus, morto, polícia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.