Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

País

Dilma indica desembargadora gaúcha para TST

Será a sexta mulher no tribunal de 27 integrantes 

Jornal do BrasilLuiz Orlando Carneiro

A desembargadora Maria Helena Mallmann, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS), foi indicada pela presidente Dilma Rousseff para o cargo de ministra do Tribunal Superior do Trabalho, para ocupar a vaga aberta com a aposentadoria do ministro Carlos Alberto Reis de Paula, em fevereiro último. A decisão foi publicada na edição desta quarta-feira (9/7) do Diário Oficial da União.

O TST tem ao todo 27 ministros e, com a futura nomeação da agora indicada, passará a contar com seis mulheres. As atuais ministras são, por ordem de antiguidade, Maria Cristina Peduzzi, Maria de Assis Calsing, Dora Maria da Costa, Kátia Magalhães Arruda e Delaíde Arantes.

Antes de ser formalmente nomeada pela presidente da República, a desembargadora indicada será submetida a sabatina na Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Se for aprovada, a indicação será apreciada pelo plenário da Casa.

Gaúcha de Estrela, Maria Helena Mallmann é formada em Direito pela Unisinos. Iniciou a carreira na magistratura em 1981, no TRT-4. Vinte anos depois, foi promovida a desembargadora da corte, da qual foi vice-presidente (2009-2011) e presidente (2011-2013).  Foi também vice-presidente e presidente da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra).

Tags: indicação, ministra, superior, Trabalho, tribuna

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.