Jornal do Brasil

Sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

País

Curitibanos depredam 13 ônibus após derrota do Brasil 

Portal Terra

A humilhante eliminação do Brasil deixou marcas no transporte coletivo de Curitiba. A capital paranaense teve 21 ocorrências durante a noite de terça-feira. Treze ônibus da cidade precisaram ser substituídos em razão de atos de vandalismo. Logo no intervalo da partida, perto das 18h, quando o Brasil já perdia por 5 a 0, a Polícia Militar começou a receber ligações informando o ocorrido.

A maioria dessas ocorrências aconteceu entre 18h e 21h, em diferentes pontos da cidade. Vários ônibus foram consertados à noite e voltaram a circular na manhã desta quarta-feira. No total, foram quebrados ou danificados quatro vidros móveis, 17 vidros fixos, um para-brisa, três vidros de porta e um equipamento de ventilação de teto.

Perto das 19h, ainda aconteceu um caso de assalto, no ônibus da linha Bairro Novo, próximo à Praça do Semeador, seguido de tentativa de incêndio. O transporte só não pegou fogo por conta dos populares, que conseguiram impedir. Já no bairro Sítio Cercado (linha Fazenda Rio Grande/Pinheirinho) e em Piraquara (linha Jardim Holandes), a tentativa de incêndio resultou em danos de alguns bancos e no painel.

Por conta da violência após o jogo do Brasil, o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, chegou a se manifestar no Twitter. “Não se trata de nenhum tipo de manifestação e não se pode admitir vandalismo por causa da derrota. Toda responsabilidade e serenidade”, afirmou.

Tags: brasil, Copa, derrota, Mundo, vandalismo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.