Jornal do Brasil

Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

País

Justiça libera demolição de viaduto que caiu em Belo Horizonte

Agência Brasil

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) liberou, de forma parcial, a demolição e retirada dos escombros do Viaduto Guararapes, que caiu na última quinta-feira (3) em Belo Horizonte. A confirmação foi dada na manhã de hoje (7) à Agência Brasil pelo tribunal. A demolição, segundo a Defesa Civil de Belo Horizonte deve ser iniciada ainda na manhã de hoje.

A Defesa Civil informou à reportagem da Agência Brasil que já definiu o perímetro de segurança no local para que a demolição do viaduto tenha início. O órgão também informou que não há risco de desabamento das casas do entorno.

A prefeitura desejava demolir o viaduto no final de semana, mas a Justiça negou a retirados dos escombros atendendo a um pedido da Polícia Civil, para preservar o local do acidente e não prejudicar a investigação sobre as causas da tragédia. A demolição então foi suspensa e a região do acidente interditada.

Por meio de nota, a prefeitura informou que o trabalho de demolição parcial do viaduto “vai preservar a área solicitada pela Polícia Civil para efeito de perícia posterior”.

O acidente aconteceu por volta das 15h de quinta-feira (3). O viaduto despencou e atingiu um micro-ônibus, um carro e dois caminhões. Duas pessoas morreram e 23 pessoas ficaram feridas.

O viaduto Guararapes estava localizado na Avenida Pedro I, uma das principais vias de ligação ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves - Confins e também ao Estádio Mineirão, onde o Brasil enfrenta a Alemanha amanhã (8) à tarde pelas semifinais da Copa do Mundo. Por causa do acidente, que obstruiu a avenida, e também para evitar problemas de mobilidade urbana na chegada ao estádio a prefeitura de Belo Horizonte decretou feriado na capital nesta terça-feira.

Inicialmente prevista para ser entregue em junho, a obra estava em fase de acabamento, com previsão de ser concluída no final deste mês. Todo o complexo de obras necessárias à implementação do BRT (Bus Rapid Transit) está sendo executado pela Cowan que, em nota, garantiu que todos os procedimentos e material usado passaram pelos testes obrigatórios sem apresentarem qualquer problema, atendendo a todas as normas vigentes.

O Viaduto Guararapes estava em fase de acabamento e deveria ser concluído no fim deste mês. No início de fevereiro, outro viaduto do mesmo complexo de obras para a instalação do sistema de transporte rápido por ônibus, o Montesi, teve que ser interditado devido a um problema estrutural – parte do viaduto em construção se deslocou lateralmente 30 centímetros em relação à estrutura. Após o acidente, a Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura anunciou que todos os viadutos que fazem parte do complexo arquitetônico passarão por novas inspeções.

Por meio de nota publicada em site no sábado (5) , a Cowan informou “que já está com todo o maquinário necessário na Avenida Pedro I para iniciar o processo de demolição”, aguardando apenas a liberação dos órgãos competentes.

Tags: BH, demolição, morte, queda, Viaduto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.