Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

País

Marcha por reforma agrária passa pela USP em apoio a professores

Agência Brasil

Integrantes da Frente Nacional de Luta (FNL) que chegaram hoje (2) à capital paulista, após uma marcha pelo interior do estado, foram até a Universidade de São Paulo (USP) prestar apoio aos professores e funcionários que estão em greve desde 27 de maio. A FNL, que integra o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), reivindica avanços na reforma agrária.

Por volta do meio-dia, os trabalhadores da USP iniciaram uma assembleia com a presença do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto e de metroviários. De acordo com Carlos Lopes, presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Conafer), um dos objetivos da marcha é pedir a valorização dos trabalhadores rurais e apoiar uma reforma urbana, reivindicação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

Segundo Carlos, o FNL vai se unir ao MTST para fazer um protesto amanhã (3), às 9h, partindo do Largo da Batata. Os manifestantes pretendem caminhar até o escritório da Presidência da República em São Paulo, na Avenida Paulista.

Tags: agrária, protesto, são paulo, Terra, universidade

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.