Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

País

Flávio Dino é confirmado candidato ao governo do Maranhão

Portal Terra

O principal adversário do clã Sarney no Maranhão foi oficializado como candidato em convenção neste domingo (29). Flávio Dino (PCdoB) disputará o governo em uma composição formada por nove partidos. O ex-presidente da Embratur terá como concorrente o senador Edison Lobão Filho (PMDB) com o apoio da governadora Roseana Sarney.

Foram feitas as convenções de PCdoB, PDT e PSB juntas na chamada "Convenção da Mudança", no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. Além destes partidos, participam da coligação PPS, PSDB, PP, PTC, PROS e SDD.

'O candidato ao governo provocou os adversários por, segundo ele, administrarem o Maranhão apenas para pequenos grupos familiares (Sarney e Lobão). “Nenhum império dura para sempre. Nós iremos proclamar a república no Maranhão. Eu não vou ser governador da minha família, nem de duas ou três famílias, mas de todas as famílias do Maranhão”, disse.

A deputada estadual Leci Brandão (PCdoB-SP) participou da convenção, assim como a presidente nacional da UNE, Virgínia Barros.

O candidato a vice-governador será o deputado federal Carlos Brandão (PSDB). O candidato a Senador na chapa será o vice-prefeito de São Luís Roberto Rocha (PSB). Com a composição, Flávio dará palanque no Maranhão para os presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

O PT da presidente Dilma Rousseff está coligado com o PMDB no Maranhão.

Apesar da composição, chamou a atenção na convenção de Flávio Dino o número de militantes petistas, inclusive o membro do Diretório Nacional do PT, Márcio Jardim, que apoia a candidatura de Dino. "Nós somos do PT autêntico, comprometido com sua história. Por isso, votamos Dilma e Flávio Dino", afirmou Jardim.

O PCdoB nacional fechou aliança com a candidatura de Dilma Rousseff. Como PMDB e os comunistas são da base aliada, a expectativa no Maranhão é que a presidente se mantenha afastada da eleição no estado.

Tags: convenção, Eleições, estadual, partidos, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.