Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

País

Chuva faz venda de capas superar a de enfeites da Copa no RS

Portal Terra

Em um dia em que a chuva prejudicou, mas não acabou com a festa da torcida brasileira, quem comemora o aguaceiro é o vendedor de rua Josué Omar Pereira, que na tarde desde sábado, em Porto Alegre, vendeu mais capas de chuva do que enfeites da Seleção Brasileira.

“Já vendi umas 70 capas de chuva”, dizia, comemorando o relativo bom resultado que obteve com as vendas, com cada uma a R$ 5. “Já o resto não está saindo, para os enfeites (cornetas, bandeiras e bandanas) o resultado está fraco”, dizia o vendedor.

Segundo ele, dinheiro mesmo ele fez com a visita dos argentinos, e nos dias em que ocorreu a invasão australiana e holandesa em Porto Alegre. “Para os argentinos eu vendi cerveja e refrigerante no acampamento que eles montaram”, disse, sobre o saldo positivo com os Hermanos.

“Mas os dias em que eu mais fiz vendas, foi quando vieram os holandeses e australianos, que transformaram as ruas em uma festa, ai eu vendi bastante coisa”, afirmou Pereira, dizendo que apesar da venda das capas, este sábado foi o de pior movimento, o que parece não ter tirado seu bom humor.

Tags: Copa, gaúchos, Mundo, seleções, vendas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.