Jornal do Brasil

Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

País

Secretário diz que obras inacabadas em BH não prejudicam Copa

Portal Terra

As obras inacabadas no inicio da Copa do Mundo, causando transtornos no trânsito, inclusive na Avenida Pedro I, uma importante via de Belo Horizonte que liga toda a região norte da cidade ao Mineirão, além dos problemas no Aeroporto de Confins, não representam problemas para a Copa do Mundo na capital mineira. Quem afirma isso é o Secretário de Estado de Turismo e Esportes de Minas Gerais, Tiago Lacerda, que acredita que a festa não foi prejudicada em nenhum momento pelos atrasos.

“Não atrapalhou. O Aeroporto não ficou 100% concluído, as obras terão continuidade, claro que poderia estar em condições melhores de atendimento. Acompanhamos nos últimos 15 dias, existiu um esforço muito grande e conseguiram liberar o saguão principal e assim minimizou os impactos negativos”, disse.

Durante visitas do Comitê Organizador Local antes do inicio da Copa, existia uma grande preocupação com a questão da mobilidade urbana em Belo Horizonte. Segundo Lacerda o problema foi contornado com o inicio das operações do BRT na capital mineira, apesar do trânsito ainda ficar caótico nos horários de maior movimento.

“Sobre a mobilidade, tem fluido bem. O BRT está funcionando bem, as linhas principais mostram que os relatos são satisfatórios”, falou. O Secretário Extraordinário Municipal, Camillo Fraga, reforçou ainda que o trânsito melhorou em Belo Horizonte, mas lembrou que a época é de férias escolares.

“Temos resultado jogo a jogo, isso mostra diminuição dos tempos em dias de jogos. Em cada nova partida tem diminuído seu tempo, o BRT chegou com 19 minutos marcado no último jogo. É um momento de férias, diretamente temos 15% de veículos a menos nas ruas, a mobilidade está correspondendo”, 

Tags: 2014, brasil, capital, mineira, Mundial

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.