Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Agosto de 2014

País

PCdoB confirma apoio à reeleição de Dilma

Portal Terra

Aliado histórico do PT, o PCdoB formalizou nesta sexta-feira o apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff. A legenda aprovou, por aclamação, a manutenção da aliança em convenção realizada na Câmara dos Deputados, com discursos de defesa de reformas e mais mudanças no país.

“Hoje, camaradas, as relações do nosso partido com a presidenta se estreitaram, amadureceram, havendo uma relação de confiança mútua. Por isso, o PCdoB tem convicção de que a candidatura da Dilma Rousseff é a candidatura para o momento que o Brasil exige e que o Brasil quer”, discursou o presidente da legenda, Renato Rabelo. A presidente Dilma vai ao evento do partido aliado para agradecer o apoio nesta tarde.

Com o PT no cenário nacional desde 1989, o PCdoB ocupa o Ministério do Esporte e estará junto ao partido de Dilma em 10 Estados. O principal objetivo da legenda neste ano é eleger Flávio Dino para o governo do Maranhão e bater o senador Lobão Filho (PMDB), candidato da família Sarney. Lá, o comunista recebeu apoio do PSDB e do PSB, adversários no cenário nacional.

No documento de ideias e propostas para o programa de Dilma, o PCdoB critica os governos de PSDB e ataca a candidatura de Aécio Neves, sem fazer referência a outros oponentes do PT, como o antigo aliado Eduardo Campos, do PSB.

“Por um lado, o tucano se vê obrigado a reconhecer os méritos dos programas sociais dos governos Lula e Dilma e, demagogicamente, a fazer juras de que irá mantê-los; por outro, promete aos banqueiros ‘austeridade fiscal’ e ‘medidas antipopulares’”, diz.

No texto, o partido diz que um eventual novo governo de Dilma deve ser orientado por reformas e avanços. A legenda sugere a ampliação do prazo para o cumprimento da meta de inflação, que é anual, para 36 meses, pois, segundo o partido, a instabilidade de fatores sazonais atrapalham os trabalhadores.

Na reforma política, o PCdoB defende a adoção do voto em lista para fortalecer os partidos e o financiamento público de campanhas. O texto também sugere a adoção de mandatos para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Além do PCdoB, a presidente Dilma Rousseff já garantiu apoio do PMDB, PSD, Pros, PDT e PP. PRB e PR ainda devem confirmar a aliança.

Tags: apoios, comunistas, dilma, presidencial, sucessão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.