Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

País

Harry se emociona com crianças brasileiras órfãs

Agência ANSA

O príncipe Harry, quarto na linha de sucessão à Cora britânica, se emocionou e chorou com algumas histórias de crianças brasileiras órfãs que ele visitou em Diadema, região metropolitana de São Paulo, informou hoje (26) em uma nota a Casa Real britânica.    

"[O príncipe] se emocionou até as lagrimas após ouvir as histórias de crianças brasileiras que ficaram órfãs devido às drogas, a violência ou as condições penitenciarias no Brasil", informa a nota.    

O segundo filho do príncipe Charles e a falecida Diana, que iniciou nesta semana uma visita de sete dias pelo Brasil e Chile, disse que compartilhou com as crianças a experiências de perder a mãe. Harry ouviu ontem (25) as histórias dos órfãos no centro da ONG Acer Brasil que ajuda crianças carentes "Algumas histórias das crianças em Diadema me emocionaram até as lágrimas, mas os sorrisos em seus rostos mostraram o impacto positivo que suas comunidades têm conseguido e o sucesso de projetos como Acer", disse o príncipe.    

O membro da realeza, que vestia uma camisa com bandeira do Brasil, jogou bola com as crianças da instituição. Harry visitou hoje (26) a região da Cracolândia em São Paulo, em companhia do prefeito da capital paulista, Fernando Haddad e conheceu o projeto "Braços Abertos".    

Ontem, também na capital paulista, ele participou de um jantar em comemoração ao aniversário da rainha Elizabeth II com a presença de famosos. Na última segunda-feira (23) Harry assistiu o jogo da seleção brasileira contra Camarões em Brasília além de visitar um hospital, e na terça-feira (24) esteve em Belo Horizonte para o jogo da Inglaterra contra a Costa Rica e encontrou atletas brasileiros.    

Esta é a segunda visita de Harry ao Brasil, a primeira aconteceu em 2012 quando ele conheceu o Rio de Janeiro e Campinas.

Tags: cracolandia, crianças, Harry, príncipe, são paulo, visita

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.