Jornal do Brasil

Quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

País

Marinha intensifica segurança nas orlas do Rio de Janeiro e Espírito Santo

Corporação atua em áreas próximas aos hotéis onde seleções estão hospedadas

Agência Brasil

A segurança marítima na orla do Rio de Janeiro e Espírito Santo foi intensificada pela Marinha, em função da Copa do Mundo. Até agora, 24 embarcações já foram apreendidas durante as operações, feitas diariamente com abordagens e inspeções às embarcações. A Força Naval emprega cerca de 3 mil militares e 24 embarcações da Marinha estão envolvidas direta e indiretamente, trabalhando com o Centro de Coordenação de Defesa de Área do Rio de Janeiro (CCDA/RJ).

Durante a Copa do Mundo, a Marinha manterá navios na orla do Rio de Janeiro e, nos dias de jogos no Maracanã, as ações serão intensificadas. Com foco nas delegações, a Marinha realiza a segurança marítima das áreas próximas aos hotéis onde as seleções estão hospedadas e em locais de treinamento próximos à orla.

De acordo com o comando da corporação, 796 embarcações foram abordadas e desse total, 172 notificadas, por falta de documentação ou porque a documentação não estava em conformidade com as normas da legislação. Quanto às apreensões das embarcações, elas são feitas quando não há condições de navegabilidade, tanto na parte de segurança quanto na documentação.

Segundo a Marinha, todas as embarcações irregulares abordadas pelos grupos de Visita e Inspeção (GVI) poderão ser escoltadas até a Capitania dos Portos do Rio de Janeiro ou Capitania dos Portos do Espírito Santo, para uma possível autuação. Essas missões são realizadas com apoio de outros órgãos e agências de segurança. Caso a embarcação tenha carga ilegal ou contrabando os órgãos responsáveis - Polícia Federal, Instituto Estadual do Ambiente (Inea), entre outros, são acionados.

Tags: embarcação, orla, Porto, Rio, segurança

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.