Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Setembro de 2014

País

Em São Paulo, Alckmin e Paulo Maluf também fazem o jogo das contradições

Jornal do Brasil

Em 2011, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), convidou o PP, do deputado Paulo Maluf, para fazer parte do governo paulista. O partido, que também compõe a base governista da presidente Dilma Rousseff (PT), indicaria o novo presidente da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano).

Alckmin entrou em contato, por telefone, com Maluf, presidente do PP em São Paulo, para convidar a legenda a fazer parte do governo paulista. 

Já em 2014, Alckmin e Maluf se alfinetaram, tendo como pano de fundo a crise da água em São Paulo. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), respondeu às críticas de Maluf (PP-SP), enquanto que o partido de Maluf anunciou apoio à candidatura do petista Alexandre Padilha ao governo estadual.

Maluf afirmara que "não há falta de chuva, isso é uma mentira técnica, faltou é investimento". Por sua vez, Alckmin retrucou: "O Maluf é problema do Padilha." Maluf também elogiou o governo da presidente Dilma Rousseff e a gestão do pré-candidato ao governo paulista, Alexandre Padilha, no Ministério da Saúde. "Padilha foi um dos melhores ministros da Saúde. Ele não teve preconceito. Trouxe médicos de outros países para atender a população mais carente."

>> Eleições: 57% dos jovens entre 16 e 24 anos não têm interesse em votar

>> Em encontro no apartamento de Aécio, Cabral abre mão do Senado por Cesar Maia

<< Pezão oficializa palanque para Aécio Neves no Rio de Janeiro

>> Cabral desiste do Senado e dá lugar a César Maia em aliança

>> Paes declara apoio a Dilma e cita 'bacanal eleitoral' no Rio

>> Eleição: no Rio, Dilma elogia Pezão, sucessor de Cabral, que se une a Aécio

>> Cesar Maia, que se aliou a Pezão, já atacou Cabral, Dilma e Lula

Tags: eleição, Governo, política, SP, urna

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • cesar coelho cunha

    Quando haverá passeata contra o TRENSALÃO e a falta d'água "administrativa"? Corrupção por mais de 20 anos e falta d'água não vale?

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.