Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

País

Para Irã, Obama não tem vontade de ajudar Iraque

Agência ANSA

O governo iraniano advertiu hoje, dia 20, que as declarações do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, mostram que Washington "não tem uma vontade séria de combater o terrorismo no Iraque".    

A declaração foi feita pelo vice-chanceler Hossein Amir-Abdollahian, em resposta ao apelo de Obama para que o Irã evite incentivar as divisões religiosas no Iraque.    

Os presidentes dos Estados Unidos e da Rússia, Vladimir Putin, manterão nos próximos dias uma conversa telefônica para analisar a crise ucraniana assim como a situação do Iraque e da Síria, disse um oficial em Moscou.    

O avanço dos jihadistas do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (Isis) - grupo considerado radical até pela Al Qaeda - no país tem provocado preocupação nos EUA. Washington está estudando a melhor forma de conter os jihadistas, embora já tenham descartado a possibilidade de uma intervenção militar.

Tags: Estados Unidos, geopolítica, irã, iraque, Obama

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.