Jornal do Brasil

Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

País

GO: Menores deficientes morrem soterrados em fábrica de arroz

Jornal do Brasil

A Polícia Civil investiga a morte de dois adolescentes com deficiência que trabalhavam como menores aprendizes em uma indústria de processamento de arroz no Distrito  Agroindustrial de Anápolis. Os jovens, um de 16 e outro de 17 anos, morreram soterrados quando uma carga de 800 quilos de arroz caiu sobre eles, no último dia 2 de junho.

Segundo o delegado do caso, Manoel Vanderic Correia Filho, um vídeo encontrado no celular de uma das vítimas mostra que as vítimas trabalhavam de forma irregular. De acordo com o delegado, as imagens mostram que eles não tinham supervisão, tinham acesso a áreas restritas e faziam trabalho braçal dentro da fábrica. 

Os adolescentes eram deficientes intelectuais e um deles também tinha problemas de paralisia em um dos lados do corpo. Segundo a Lei do Menor Aprendiz, eles poderiam fazer parte do programa, desde que não exercessem trabalhos braçais. 

No momento do acidente, os rapazes estavam em um dos galpões quando o fardo de arroz a granel caiu sobre eles. O Corpo do Bombeiros foi acionado, mas, quando chegou ao local, a dupla já estava morta. A área foi isolada e os corpos retirados e levados para o Instituto Médico Legal. O laudo acusa que a causa da morte foi sufocamento.

Tags: acidente, anápolias, deficientes, Goiânia, jovem aprendiz, socorro, Tragédia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.