Jornal do Brasil

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

País

Gerente da Petrobras: 'Engenharia de custos não calcula o valor total da obra'

Agência Senado

O gerente de Engenharia de Custos da Petrobras, Alexandre Rabello, disse nesta quarta-feira (18) à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado que o setor de estimativas de custos da estatal não calcula o valor total da obra. Segundo ele, variações no valor final de obras como a da refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco, podem ocorrer em virtude de fatores econômicos e outros típicos da fase de execução.

De acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU), o valor inicial da obra foi estimado em US$ 2,4 bilhões, mas o seu custo já chega a US$ 18 bilhões.

- O investimento como um todo se compõe de outras partes que não passam pela área de engenharia de custo. Daí então nossa dificuldade de ter a visão intergrada do investimento como um todo. O que podemos dizer é que os ativos para os quais foram feitas estimativas de custos e que foram licitados, esses podemos afirmar que estão, na visão da Petrobras, compatíveis com os valores do mercado - afirmou Rabello.

Antes do depoimento de Alexandre Rabello, o senador Humberto Costa (PT-PE) cobrou o comparecimento à CPI do ministro do TCU José Jorge, que relata processos da Petrobras. O TCU aponta irregularidades nas obras da refinaria Abreu e Lima.

Tags: cpi, depoimento, estatal, investiçaão, Petróleo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.