Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

País

CPMI da Petrobras deve votar amanhã mais de 370 requerimentos

Agência Brasil

Apesar de o ritmo dos trabalhos da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras ter se reduzido com o início da Copa do Mundo, os deputados e senadores que integram o colegiado reúnem-se amanhã (18) para apreciar mais de 370 requerimentos.

Os parlamentares devem analisar pedidos de quebra de sigilo e de informação, entre outros. O número de pedidos é provisório e pode aumentar até o início da reunião, marcada para o início da tarde. Além de analisar as centenas de pedidos de informações, documentos e quebras de sigilo, os membros da CPMI deverão discutir procedimentos a serem adotados nas oitivas de testemunhas.

Um dos pedidos  trata da quebra de sigilo do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Preso no dia 19 de maio, Costa chegou a ser solto, mas foi preso novamente na semana passada, após o Supremo Tribunal Federal (STF) validar as provas da Operação Lava Jato e determinar que as ações penais oriundas da investigação fossem devolvidas à Justiça Federal.

Na última quarta-feira (11), a CPMI ouviu a presidenta da Petrobras, Graça Foster. Falando pela quarta vez no Congresso nacional a respeito da compra da refinaria de Pasadena, Graça detalhou os procedimentos técnicos da empresa e a forma como os investimentos são feitos.

Tags: comissão, estatal, investigação, Petróleo, requerimento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.