Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

País

Nevoeiro em Porto Alegre aumenta índices de atrasos de voos no país

Agência Brasil

O fechamento do aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, por causa do nevoeiro, resultou em atrasos em toda a malha aérea na manhã de hoje (16). Ao meio-dia, o índice acumulado de atrasos no país chegou a 7,8%, acima dos 4,2% registrados ontem (15). O padrão internacional considera satisfatórios atrasos em até 15% dos voos.

O terminal ficou fechado até as 9h17 para decolagens e causou atrasos na saída de passageiros que assistiram ao jogo de ontem (15) entre a Colômbia e a Grécia. O aeroporto de Porto Alegre teve 22,7% de partidas atrasadas em um total de 110 previstas. Os dados são da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), da Secretaria de Aviação Civil, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e das concessionárias dos aeroportos.

Domingo, cerca de 467,6 mil pessoas transitaram pelos 20 aeroportos que concentram 90% do movimento de passageiros do país. O fluxo esperado para esta época do ano é cerca de 500 mil passageiros por dia nesses terminais. Também passaram pelos aeroportos 3.827 aeronaves.

Segundo a Secretaria de Aviação Civil, as chuvas em Natal dificultam o acesso ao Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante, que pode operar por instrumentos. A Inframerica, concessionária responsável pelo aeroporto, diz que, do dia 12 deste mês até a tarde de hoje, foram registrados 386 voos entre pousos e decolagens, dos quais foram confirmados dois atrasos ontem (15).

O Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, operou por instrumentos na manhã de hoje. A demanda esperada para o jogo do dia na capital paranaense é considerada baixa: entre a meia-noite de sábado e o meio-dia de hoje, estavam previstas 117 chegadas e houve 6,84% de atrasos e 1,7% de cancelamentos. Curitiba sediou a disputa entre Irã e Nigéria nesta tarde.

Em Salvador, que sediou o jogo entre Alemanha e Portugal, o índice de atrasos ontem e hoje ficou em 5,64%, entre as 195 chegadas previstas. A chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente da Fifa, Joseph Blatter, assistiram ao jogo.

Tags: 2014, Aeroportos, atrasos, brasil, Mundial

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.