Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Outubro de 2014

País

Caso Bernardo: MP denuncia 4ª suspeito por homicídio

Portal Terra

O Ministério Público de Três Passos, no Rio Grande do Sul, denunciou na quinta-feira Evandro Wirganovicz, quarto suspeito de participação na morte do menino Bernardo Boldrini, por homicídio triplamente qualificado. O órgão já havia denunciado Evandro pela ocultação de cadáver da vítima, e analisava a imputação por homicídio, indicada pela Polícia Civil.

A promotora de Justiça Sílvia Inês Miron Jappe também entrou com ação para converter a prisão temporária do acusado em prisão preventiva. Segundo narrado pelo MP, Evandro Wirganovicz concorreu para a “prática do delito auxiliando material e moralmente, na medida em que, no dia 2 de abril de 2014, entre 18h30min e 21h, abriu a cova, sabendo que lá seria enterrado o corpo de Bernardo Uglione Boldrini”. 

Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, foi encontrado morto em uma cova às margens de um rio
Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, foi encontrado morto em uma cova às margens de um rio

No entendimento do Ministério Público, o crime foi cometido pelo réu por motivo torpe, uma vez que sua irmã, Edelvânia Wirganovicz, recebeu da madrasta de Bernardo, Graciele Ugulini, a quantia de R$ 6 mil para o cometimento do crime, além da promessa de auxílio financeiro para a aquisição de um imóvel. “Evandro, sabendo dessa circunstância e aliando-se à motivação de sua irmã, auxiliou-a a fim de que obtivesse a vantagem econômica”. 

Além disso, também são atribuídas a ele as qualificadoras objetivas de emprego de veneno e recurso que dificultou a defesa da vítima.  

Quanto à decretação da prisão preventiva, o entendimento do Ministério Público é de que ela se impõe para a garantia da ordem pública, na medida em que o crime causou grande abalo na comunidade, e por questão de conveniência da instrução criminal, a fim de que não se obstrua a coleta de provas. O MP também afirma que há risco de fuga do acusado. 

Além dos dois irmãos, também estão presos a madrasta de Bernardo, Graciele Ugolini, e o pai do menino, Leandro Boldrini.

Tags: Gaúcho, madrasta, menino, morto, pai

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.