Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

País

Manifestantes e policiais se enfrentam em Porto Alegre durante protesto

Agência Brasil

Em Porto Alegre, uma das cidades-sede da Copa do Mundo, manifestantes entraram em confronto com a polícia hoje (12), primeiro dia do Mundial.  A Polícia Militar do estado informou que foram vários os detidos, mas não deu o número exato. O ato foi dispersado por volta das 17h. Os manifestantes pretendiam chegar até o local da Fifa Fan Fest, mas não conseguiram. 

No caminho, os manifestantes fizeram pichações com mensagens contra a Federação Internacional de Futebol (Fifa). "Fifa go home" (Fifa, vá para casa), dizia uma delas. Grupos quebraram vidraças de bancos e de um restaurante do McDonald's, um dos patrocinadores da Copa. 

A manifestação foi convocada por meio do Facebook, pelo  Comitê Popular da Copa. A concentração estava marcada para as 12h. Segundo uma das integrantes do comitê de Porto Alegre, Kátia Marko, o ato transcorreu com tranquilidade e foi encerrado no Largo Zumbi dos Palmares, no bairro Cidade Baixa. Depois disso, um grupo decidiu continuar o protesto em direção à Fan Fest. Foi quando iniciou o confronto com a polícia.

"Nós atingimos nosso objetivo, caminhamos pelas ruas da cidade, conversamos com a população e mostramos nossas pautas. Estamos na rua contra as violações de direitos humanos na Copa", disse Kátia.

O protesto reuniu representantes de diversas organizações da sociedade civil. Eles pedem o fim das remoções forçadas e a garantia do direito à cidade e à moradia, o direito a livre manifestação e o fim da criminalização dos protesto e dos movimentos sociais. Também reivindicam a destinação dos impostos para o transporte público, a saúde e a educação, a desmilitarização da polícia, entre outras.

 

Tags: Atos, capital, Copa, gaucha, manifestos

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.