Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

País

PMDB inicia a temporada de convenções partidárias nacionais

Agência Brasil

Inaugurando a temporada de convenções partidárias nacionais, o PMDB decide nesta terça-feira (10), no auditório Petrônio Portela, em Brasília, se confirma uma nova aliança com o PT para a disputa presidencial nas eleições de outubro. Também está sob aprovação o nome do vice-presidente Michel Temer mais uma vez na chapa da presidenta Dilma Rousseff. O PDT também realiza hoje convenção em Brasília.

A expectativa é que nas duas legendas a aliança com o PT seja confirmada, apesar disso na convenção dos peemedebistas, o chamado Movimento do PMDB Independente está distribuindo duas cartas aos militantes contra a aliança. Elas questionam o fato de o PMDB não ter candidato próprio à Presidência da República há 20 anos. O último foi Orestes Quércia, em 1994. Entre os argumentos contra a aliança com os petistas o movimento também questiona “por que a legenda deve ser co-responsável por escândalos da Petrobras, pelo superfaturamento da Copa do Mundo e pelas promessas não cumpridas".

“Não somos contra o Michel (Temer), somos contra o PT”, afirmou um dos líderes do movimento o deputado federal, Leonardo Picciani (RJ). Outro que também é contra a aliança é o deputado federal Darcísio Perondi (RS). “O PT nos usa. Não podemos ser rabo de cachorro comandado pelo PT”, disse.

Todos os pronunciamentos contrários à coligação com o PT estão sendo vaiados, especialmente pela ala jovem da legenda. Os convencionais a favor da repetição da aliança vestem camisetas verdes com a inscrição: “Eu voto sim”.

A apuração dos votos na convenção do PMDB está prevista para as 15h. Depois que aliança for confirmada é esperada a presença da presidenta Dilma Rousseff e dos principais nomes da sigla no encontro.

Tags: brasil, campanha, eleição, partido, reunião

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.