Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

País

Suíça aproveita Copa para divulgar o país no Rio de Janeiro

Agência Brasil

A Copa do Mundo é no Brasil, mas os atrativos são suíços. É assim que o governo daquele país pretende atrair torcedores para assistir aos jogos do Mundial às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas. Entre os dias 12 de junho e 13 de julho, um restaurante foi todo caracterizado com elementos da cultura suíça como trenós, toalhas quadriculadas, painéis com paisagens e até vacas cenográficas. No local, durante toda a Copa haverá sorteios de brindes como canivetes e chocolates, ingressos para os jogos e até passagens aéreas para conhecer o país.

Apelidado de Baixo Suíça, o palco do projeto Swissando no Rio de Janeiro espera receber cerca de 5 mil pessoas por dia. De acordo com a coordenadora da iniciativa, Christina Gläser, a ideia é promover o intercâmbio entre as culturas e mostrar que “a Suíça não é só neve”, como diz a campanha do projeto.

Segundo ela, uma pequisa encomendada pelo governo suíço mostra que o brasileiro sabe muito pouco sobre o país dos alpes e até confunde com outro país europeu, a Suécia. “A maioria sabe muito pouco ou tem uma visão antiga. Não sabem, por exemplo, que entre os elementos da nossa cultura estão a educação, a reciclagem, a bicicleta e o fato de o transporte público ser usado massivamente pela população, incluindo os políticos”, destacou Christina. “Queremos divulgar isso aqui”, completou.

Além dos telões transmitindo os jogos, a trilha sonora do espaço é com a banda Manissadu, formada pela cantora suíça Anissa Damalli e músicos brasileiros. A comida fica por conta do chefe suíço Christian Zueger, que já serviu a família real britânica e o chefe do restaurante que abriga o Baixo Suíça, Mario “Maluco”, do Palaphita Kitch. Haverá opções de pratos como o raclette (combinação de queijo derretido), batata rösti (ralada e grelhada com queijo ou carne) e tortas. Na campanha de divulgação,  os suíços lembram que o fondue é um prato típico daquele país, mas que a versão com chocolate e carne é invenção brasileira.

O Swissando também criou um espaço para os visitantes desfrutarem das comidas e bebidas e em um ambiente típico. “Estamos em frente a um dos cartões-postais do Rio, que é o Cristo Redentor, a Lagoa [Rodrigo de Freitas] e cercados de montanhas. Esses dois últimos elementos têm similaridade com a Suíça”, disse a coordenadora. Ela promete instalar um chalé tropical de madeira com pele de carneiro para os torcedores desfrutarem o inverno carioca.

O espaço recebe o público entre as 13h e 3h todos os dias. A programação completa está disponível no site .

Tags: brasil, divulgação, Mundial, suíços, visitação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.