Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

País

Com greve e manifestação, trânsito bate recorde em São Paulo

Agência Brasil

Sem os trens do Metrô, por causa da greve dos servidores, e com a manifestação do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MSTS) na zona sul, além de chuviscos e a suspensão do rodízio de veículos, os congestionamentos no trânsito da cidade de São Paulo atingiram recorde na manhã de hoje (6).

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a lentidão foi, gradativamente, aumentando e alcançou recorde  às 10h, com 239 quilômetros (km) , na região do centro expandido. Essa é a maior marca do ano e a terceira na história da medição da CET, superando o recorde de ontem, que chegou a 209 km às 9h30. O maior congestionamento para esse horário foi registrado em 23 de maio de 2012 - 249 km.

Com a paralisação dos metroviários, houve a necessidade de alterar itinerários dos ônibus e reforçar a frota nas ruas, onde os espaços também foram mais concorridos porque muita gente que, rotineiramente, utiliza o transporte coletivo tirou o carro da garagem para se deslocar ao trabalho.

Integrantes do MSTS bloquearam a Avenida Interlagos, na altura da Praça Ministro Pedro Chaves, na zona sul, em protesto por mais moradias populares, ato feito das 7h30 às 9h10, de acordo com a CET.

Tags: congestionamento, manifestação, protesto, SP, via

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.