Jornal do Brasil

Quinta-feira, 31 de Julho de 2014

País

Após 16 dias, termina greve dos rodoviários em São Luís

Portal Terra

Depois de 16 dias, a greve dos rodoviários em São Luís (MA) terminou nesta sexta-feira, após reunião na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT). A audiência selou a conciliação judicial entre os sindicatos dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Maranhão (STTRE) e o das Empresas de Transporte (SET). A circulação deve ser normalizada neste sábado. A greve dos rodoviários foi iniciada no dia 22 de maio.

Pelo acordo, o SET se comprometeu em reajustar o piso salarial de todos os trabalhadores em transportes rodoviários do Estado do Maranhão no percentual de 7,8%, com fixação do piso-salarial dos motoristas em R$ 1.400,00, retroativo a maio de 2014.  O pagamento dos salários de maio, devidamente reajustados, sem desconto das faltas, deverá ser feito até o dia 13 de junho.

Também ficou acordado que o vale-alimentação será no valor de R$ 400,00. Os referentes a junho serão devidamente reajustados e pagos até o dia 20 deste mês. Na oportunidade, ficou mantido o plano de saúde, nos moldes anteriores, exclusivamente para o empregado titular. As faltas relacionadas aos dias de paralisação serão objeto de compensação. 

Segundo a prefeitura, será cumprido o acordo relativo ao transporte público, que redefine o valor da tarifa para R$ 2,40, aumento em R$ 0,30. A decisão entra em vigor a partir deste domingo (8).  O governo municipal exigiu que as empresas façam investimentos e melhorias no sistema, como a renovação da frota com 500 novos ônibus, dentre os quais 250 ainda este ano. 

“Por determinação do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, condicionamos o acordo com os empresários ao incremento da frota para melhor atender à população”, disse o secretário de Trânsito e Transportes, Canindé Barros.

A reestruturação do sistema engloba o processo de licitação do transporte público, a implantação da biometria facial e o bilhete único. A prefeitura já iniciou o processo de licitação do estudo com a publicação do edital e realizará ainda, a partir do próximo mês, audiências públicas para discutir o remodelamento dos serviços de transporte coletivo na capital. 

Tags: capital, cobradores, Maranhão, motoristas, paralisação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.