Jornal do Brasil

Sábado, 21 de Abril de 2018 Fundado em 1891

País

Polícia prende suspeitos de matar italiano em Natal

Jornal do Brasil

Em estreita colaboração com as autoridades da Itália, a polícia brasileira prendeu na noite de ontem (2) mais dois suspeitos de envolvimento no homicídio do italiano Enzo Albanese, ocorrido em Natal (RN) no último dia 2 de maio.    

Os dois detidos são Tamara Ladogana, mulher de Pietro Ladogana, homem de 43 anos que há cinco dias foi preso em Roma ao tentar embarcar para o Brasil, e um oficial da PM, cujo nome não foi divulgado. O policial seria o executor do crime.    As investigações conduzidas nos dois países indicam que Albanese, que era sócio de uma clínica de estética e dirigente de um time de rúgbi potiguar, tinha denunciado uma quadrilha especializada em fraude e lavagem de dinheiro. Ele descobriu o esquema um mês antes de sua morte e o denunciou às autoridades brasileiras.    

O grupo era chefiado por Ladogana - considerado o mandante do assassinato -, que administrava ao menos 10 empresas de fachada espalhadas por várias cidades. A polícia do Brasil também apreendeu 145 mil euros (R$ 450 mil) em dinheiro vivo e cinco automóveis de luxo, incluindo o Toyota Corolla no qual os suspeitos teriam fugido após balearem Albanese em frente à sua casa. O italiano de 42 anos vivia em um bairro da zona sul de Natal. 



Tags: RN, capital, crime, elucidação, italiano

Compartilhe: