Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

País

Presa na Operação Lava Jato, doleira ajuda a salvar policial

Portal Terra

A doleira Nelma Kodama, presa durante a Operação Lava Jato, ajudou a salvar a vida de um policial na sede da Superintendência da Polícia Federal, no Paraná. Ao ver um agente desmaiar na sua frente, ela teria ajudado a fazer massagem cardíaca e libertado um médico que também estava preso para auxiliar nos primeiros socorros.

O fato, que ocorreu no início de abril, foi confirmado pela Superintendência da Polícia Federal. O agente que teve um ataque cardíaco foi encaminhado para um hospital após passar mal e já teria retornado às atividades. 

Nelma permanece presa na Superintendência. Ela é acusada de comandar um esquema de lavagem de dinheiro. Deflagrada no dia 17 de março, a Operação Lava Lato já denunciou 42 pessoas acusadas de participarem do esquema em seis Estados e no Distrito Federal e que tinha como principal articulador o doleiro Alberto Youssef, que também permanece preso. De acordo com informações do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), os acusados movimentaram mais de R$ 10 bilhões. 

Tags: ação, federal, nelma, Policial, salvamento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.