Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

País

Justiça dá 72 horas para órgãos se pronunciarem sobre Paraíba do Sul

Agência Brasil

A 2ª Vara Federal de Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, deu um prazo de 72 horas para que órgãos federais e o governo de São Paulo se pronunciem sobre a transposição do Rio Paraíba do Sul.

Ontem (28), o Ministério Público Federal (MPF)havia pedido à justiça que impedisse a Agência Nacional de Águas (ANA), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e à União de autorizarem obras de transposição do rio, enquanto não forem realizados estudos ambientais abrangentes.

O MPF também pediu a Justiça que impeça o estado de São Paulo de fazer qualquer obra sem esses estudos, que deverão ser realizados pelo Ibama, com o apoio dos órgãos estaduais do Rio de Janeiro, de São Paulo e Minas Gerais. Outro pedido feito pelo MPF é que o Ibama realize consultas públicas aos moradores dos estados e 184 municípios abastecidos pelo rio.

O governo paulista planeja usar parte da água do Paraíba do Sul, que nasce no estado, para abastecer a região metropolitana de São Paulo. Os reservatórios que abastecem a Grande São Paulo estão atualmente em níveis críticos, devido à falta de chuvas neste ano.

Tags: campos dos goytacazes, Ibama, MPF, norte fluminense, rio paraíba do sul, transposição

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.